Farelo de Trigo: junho deve entrar com novas sequencias de repasses nos preços

  • 26/05/2022
  • 1
  • Categoria(s): Derivados de Trigo |

Cotação do Trigo

Alta nos preços do trigo e sinais de aquecimento na demanda do farelo devem contribuir para os reajustes. Ainda assim, grande parte dos moinhos reclamam da demora do mercado reagir. Confira:

O mês de maio está chegando a sua reta final e o que se viu no mercado do trigo, foi um forte aumento nos preços da matéria-prima, ligeira melhora na relação de oferta e demanda para o farelo, mas que ainda não se converteu numa alta sólida dos preços.

Alguns reajustes foram repassados na última semana, mas longe de ser compatível com o que os moinhos precisam para recuperarem suas margens no subproduto.

Com a chegada dos meses mais frio, redução nas áreas de pasto e limitação da oferta de outros componentes da alimentação animal, os moinhos esperam poder repassar com maior facilidade os aumentos no farelo de trigo.

Ainda assim, os agentes reclamam que esta reação do mercado está demorando a ocorrer, pois mesmo com a grande maioria do setor demonstrando intenção e realmente repassando aumentos, uma minoria (de peso), acaba realizando algumas ações com valor muito abaixo ao praticado, o que tomba o mercado e torna esse processo de retomada de patamares mais altos mais lento.

Neste sentido, boa parte dos entrevistados pela AF News acreditam que o mês de junho possa virar essa chave, demonstrando certo otimismo, mas ainda assim, cientes de que não será tão fácil reverter o cenário de baixa que o farelo de trigo enfrentou nos últimos meses.

FARELO DE TRIGO POR REGIÃO (preços a retirar-FOB)

No OESTE DO PARANÁ preços de negócios entre R$ 950/ton a R$ 1200/ FOB no granel e no ensacado preço médio de R$ 1.200/ton FOB.

No NORTE DO PARANÁ os preços praticados no granel foram entre R$ 1000/ a 1180/ton FOB, e no ensacado preço médio de R$ 1.200/ton FOB.

Na região de CURITIBA-PR, a cotação ficou em R$ 900/ton a R$ 1100/ton FOB diferido no granel. No ensacado preço médio ficou em R$ 1.200/ton FOB.

Nos moinhos da grande SÃO-PAULO-SP os preços praticados no granel ficaram em torno de R$ 1000/ton FOB a R$ 1200/ton FOB diferido, e o ensacado ficou em R$ 1.150/ton FOB.

Nos moinhos do RIO GRANDE DO SUL, os preços em Porto Alegre a granel foram negociados entre R$ 1050 a R$ 1200/ton FOB. No ensacado, volumes de negócio a R$ 1.200/ton FOB. Em Caxias do Sul volumes a granel negociados entre R$ 1.050/ton a R$ 1200/ton FOB. No ensacado, os preços praticados foram em média de R$ 1.250/ton FOB.

Em SANTA CATARINA, na região de Mafra volumes de negócios no granel entre R$ 1000/ton a R$ 1.180/ton FOB e no ensacado na média de R$ 1.240/ton FOB. No Oeste catarinense, negócios no granel entre R$ 1.000/ton e R$ 1200/ton FOB e no ensacado a R$ 1.280/ton FOB.

Veja Mais
Farinha de Trigo: moinhos seguem operando com cautela neste período de entressafra
Farelo de Trigo: preços atuam regionalizados nesta reta final de junho
Farinha de Trigo: queda na produção da Argentina preocupa os moinhos brasileiros
Farinha de Trigo: com trigo em alta, moinhos seguem repassando aumentos nos preços das farinhas
Farelo de Trigo: preços se mantem firmes por mais uma semana

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo