Ministério da Agricultura discute no Amapá avanço das concessões florestais e cadastro rural

  • 30/09/2021
  • 0
  • Categoria(s): Notícias Agrí­colas |

Cadastro Ambiental Rural

Ministro e governador discutiram elaboração de planos de manejo por concessionárias que vão explorar madeira na Floresta Nacional do Amapá. Confira:

O andamento da concessão da Floresta Nacional do Amapá (Flona) e o avanço da dinamização do Cadastro Ambiental Rural (CAR) para regularização de áreas rurais foram temas de discussões da visita ao Amapá, nesta quarta-feira (29), do ministro em exercício da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Marcos Montes, e do presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Durante o encontro em Macapá com o governador Waldez Góes, secretários e políticos, a comitiva ressaltou o potencial do Amapá de aliar a preservação ambiental com desenvolvimento econômico.

O estado tem, ao todo, 17 Unidades de Conservação (UCs) dentro do território e mais de 95% dos ecossistemas naturais intactos.

Uma delas é a Flona, que desde 2019 passa por processo de concessão de áreas para a exploração madeireira sustentável. Foram cedidas 4 áreas que somam ao todo 265 mil hectares em áreas dos municípios de Amapá, Ferreira Gomes e Pracuúba.

O processo de licitação foi gerenciado pelo Serviço Florestal Brasileiro (SFB), do Governo Federal, e a estimativa é arrecadar R$ 17 milhões anuais com a geração de até 1,5 mil empregos diretos e indiretos.

Durante o encontro, foram apresentadas e entregues as atividades de elaboração dos Planos de Manejo pelas vencedoras do certame visando início das operações de extração.

Um dos próximos passos a partir da concessão e outras medidas será a elaboração do Inventário Florestal do Estado, documentação contendo as características naturais do Amapá. O ministro em exercício detalhou como acontece o mapeamento.

"São 2 mil pontos, 25 quilômetros de um ponto ao outro, que dará todas as informações através de homens de campo, drones ou satélites que darão informações sobre o povo que vive ali, as espécies, para que a gente possa fazer esse inventário importante", declarou.

Waldez Góes destacou outro ponto importante da agenda: o fato do Amapá ter sido o primeiro estado do país a assinar o termo de cooperação para o Cadastro Ambiental Rural [CAR] dinamizado.

"Pelo fato de o Amapá ter uma base cartográfica moderna e atualizada com técnicos treinados. Certamente num tempo curto, teremos todos os agricultores para gerar transparência jurídica", completou o governador.

O CAR é um documento público eletrônico criado em 2012 pelo Código Florestal que reúne informações ambientais das propriedades, como a situação das Áreas de Preservação Permanente (APP), das áreas de Reserva Legal, entre outras. Ele é obrigatório para todos os imóveis rurais.

Em maio, o Ministério da Agricultura lançou uma plataforma para os estados analisarem os dados declarados no CAR para checar informações declaradas de ocupantes e proprietários de terras.

A ferramenta iniciou no Amapá como projeto-piloto. Entenda como funciona a plataforma, chamada de AnalisaCAR.

Obtenha informações estratégicas para a melhor decisão de compra e venda de produtos agrícolas em AF News Agrícola. 
 
 

Fonte: G1

Veja Mais
Fertilizantes: China deixa o mundo sem fertilizante, veja o impacto!
Melhoramento genético pode dobrar produção de leite em Mato Grosso
Agro reclama da falta de defensivos agrícolas no mercado e cobra a Anvisa
Qual o segredo dos municípios mais ricos do agronegócio paranaense
Agricultura de Precisão: na abertura do Superagro 2022, Paraná defende uso de tecnologia para boa agricultura

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo