Milho Brasil: mesmo com forte quebra na 2ª safra, preços do milho recuam por conta da colheita e importações

Cotação do Milho

Depois de ter operado em patamares acima de R$ 100/saca  nos últimos dias na B3, os contratos futuros do milho estão perdendo a força, diante dos avanços da colheita da safrinha e entrada do milho importado no Brasil. Mesmo com a forte quebra na produção brasileira da segunda-safra, os índices chegaram a um teto de aumentos, já que nos patamares praticados nos últimos dias para o cereal brasileiro, alguns compradores viam melhores oportunidades na importação do grão de países vizinhos, do que na aquisição do cereal doméstico. Confira agora como estão os preços, condições das lavouras e números atualizados da safra:



















Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo