Agricultura de Precisão: Escâner analisa lavouras e opera aplicações ao mesmo tempo

  • 01/04/2021
  • 0
  • Categoria(s): Notícias Agrí­colas |

Agricultura de Precisão

Sistema é acoplado no teto de maquinários e supera drones, por exemplo, em agilidade dos manejos. Confira:

A gigante dos maquinários CNH Industrial investiu, na semana passada, US$ 8 milhões (R$ 44,46 milhões) na agtech grega Augmenta para ampliar a comercialização de seu incrível “escâner de lavouras” voltado para a agricultura de precisão.

A ferramenta é acoplada às maquinas e, por meio de câmeras multiespectrais, analisa as folhagens, calcula os índices e opera a pulverização, irrigação e adubação em tempo real, enquanto as máquinas trafegam na área.

A principal diferença em relação a drones ou outros equipamentos com câmeras multi ou hiperespectrais reside no fato de que estes apenas coletam os dados para depois comunica-los aos maquinários. No caso da Augmenta, tudo ocorre ao mesmo tempo.

Além de liderar o investimento, a CNH Industrial traz a experiência de que a startup precisa para comercializar seus produtos em escala, além de oferecer capacidade global de fabricação, logística e distribuição.

A Augmenta mantém um centro de P&D na Grécia onde desenvolveu o sistema de ‘escâner de lavouras. O sistema dispõe de IA (inteligência artificial) e pode ser instalado no teto da cabine de tratores, pulverizadoras ou adubadoras.

Em seguida, ele processa as informações para enviar comandos aos implementos aos quais está conectado, instruindo-os a aplicar as quantidades adequadas de produtos químicos ou fertilizantes em uma única passagem do trator.

Economia

Augmenta opera em 16 países, cobrindo 9 mil hectares de lavouras. A startup ajuda agricultores a automatizar a aplicação de nitrogênio, fósforo e potássio com economia média, respectivamente, de 9%, 15% e 20%. Além disso ainda traz um aumento médio de 2% na produtividade, segundo testes em 800 lavouras.

A startup vende seu hardware para agricultores por meio de distribuidores ao redor do mundo, exceto nos Estados Unidos, onde tem sua própria equipe de vendas. Não havia informação sobre revendedores no Brasil.

A equipamento aplicado à agricultura de precisão é vendido por cerca de US$ 12.000 (R$ 66,6 mil) e dá acesso ao Augmenta Basic, a plataforma de monitoramento da startup. Este recurso cria mapas de performance e de prescrição e alguns outros tipos de análises.

Além disso, a startup oferece serviços premium, como automação de pulverização para safras específicas e combinações de insumos, que são vendidos por meio de um modelo de software como serviço (SaaS). Esses serviços premium custam na faixa de US$ 2 a US$ 8 por hectare por ano.

Obtenha informações estratégicas para a melhor decisão de compra e venda de produtos agrícolas em AF News Agrícola.

 

Fonte: Ag Evolution

Veja Mais
Agropecuária: Produção de leite no Paraná tem queda após 60 dias sem chuvas
Mais de 5 mil quilos de defensivos agrícolas falsificados são apreendidos no DF
Agronegócio Brasileiro: Brasil ultrapassa US$ 10 bilhões em exportações de produtos do agronegócio em abril
Agricultura de Precisão: sensores são uma tendência para otimizar os processos
Fertilizantes Agrícolas: Importações impulsionam alta na movimentação portuária do Paraná

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo