Mandioca – Balanço Semanal: Com menor oferta, disputa pela raiz deve aumentar em 2021

  • 05/01/2021
  • 0
  • Categoria(s): Raiz de Mandioca |

Mercado da Mandioca

Nos últimos anos, a área ocupada com mandioca no Brasil diminuiu, enquanto a produtividade não aumentou. Como resultado desse cenário, a oferta tem sido menor, e, pelo menos por enquanto, é o que também se espera para 2021. Confira:

Mercado da Mandioca

Nas áreas de mandioca destinada à indústria, produtores avançaram com a colheita e a comercialização de raízes de 1º ciclo ainda em 2020, reduzindo a disponibilidade do produto em 2021. Segundo colaboradores do Cepea, os reflexos da pandemia de covid-19 na cadeia produtiva da mandioca em 2020 foram transitórios, mas, ainda assim, o ano foi marcado pela menor demanda por derivados.

Para 2021, há expectativa de retomada da economia, o que pode elevar a procura pelos derivados de mandioca e a necessidade de processamento de raízes. Com oferta restrita, deve haver maior disputa pela matéria-prima em 2021.

As consideráveis altas nos preços de diversos produtos agropecuários devem continuar influenciando a disputa por área. Com exceção dos locais onde a mandiocultura está mais consolidada, outras atividades, especialmente grãos e pecuária, devem tomar parte das áreas com as raízes. Essa decisão também deve estar atrelada ao comportamento dos preços ao longo do ano.

Ao longo de 2020, os efeitos da covid-19 sobre a colheita de raiz de mandioca – e, consequentemente, sobre a oferta do produto – foram pequenos, com exceção do início da pandemia, quando houve dificuldades no transporte de trabalhadores rurais. Por outro lado, a demanda por produtos industriais, incluindo os que utilizam a fécula de mandioca como insumo, foi menor.

Quanto aos preços da raiz, ficaram praticamente estáveis ao longo de praticamente todo o ano e, na maioria dos meses de 2020, as médias nominais superaram as de 2019.

No campo, houve queda na produtividade e, com a rentabilidade negativa de safras anteriores e valores mais atrativos de outras culturas, parte dos agricultores diminuiu a área de mandioca.

Cotação da Mandioca e derivados

Os indicadores da raiz de mandioca e derivados iniciaram 2021 apresentando estabilidade e baixo volume de negócios, já que as fecularias estão em sua maioria retomando as atividades também nesta primeira semana do ano, deste modos, os preços não mudaram de uma semana para outra, mas em relação ao valor de quatro semanas, os índices apresentaram queda na maior parte das regiões, tanto para  raiz de mandioca, como na cotação da fécula e farinhas.

Obtenha informações estratégicas para a melhor decisão de compra e venda de produtos agrícolas em AF News Agrícola. 
 

Veja Mais
Mercado da Mandioca: Processamento mais quer dobra em fevereiro; preços continuam em queda
Mercado da Mandioca: Conab divulga análise sobre raiz e derivados de mandioca
Mercado da Mandioca: Oferta aumenta, mas demanda firme sustenta os valores
Mercado da Mandioca: Chuvas prejudicam colheita, mas não comprometem a indústria de mandioca
Mercado da Mandioca: Estiagens prejudicaram as lavouras de mandioca mais que a pandemia

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo