Arroz – Balanço Semanal: Rio Grande do Sul retoma ritmo de negócios, mas preços continuam estáveis

  • 29/10/2020
  • 1
  • Categoria(s): Mercado de Arroz |

Cotação do Arroz

A cotação do arroz no Brasil continua operando dentro da estabilidade, mesmo com o Rio Grande Sul sinalizando a retomada no ritmo dos negócios, que havia perdido força nas últimas semanas com o preço em elevados patamares. No mercado externo, a Bolsa de Chicago fechou a semana com leves ganhos. Confira:


Patrocinado

Arroz Brasil

Desde o início do mês de outubro, o preço do arroz ao produtor do Rio Grande do Sul, apesar do alto patamar, cessou sua forte escalada de alta. Colabora para esse cenário a baixa liquidez, com grande parte dos produtores focados no plantio da próxima safra, e a manutenção do dólar no elevado patamar próximo dos R$ 5,60, fator que encarece as importações.

A despeito desse cenário de estabilidade, a expectativa é de arrefecimento dos preços com a efetiva entrada do arroz importado fora do merco sul nesse final de outubro e início do mês que vem. Esse produto conta com a isenção da Tarifa Externa Comum (TEC) em 400 mil toneladas até 31/12/2020 sobre o arroz importado de países fora do bloco do Mercosul.

Em setembro, o Brasil importou 155,3 mil toneladas de arroz, volume 153% superior às 61,3 mil toneladas importadas em agosto. No mesmo período, foram exportadas 78,2 mil toneladas, ou seja, o saldo é de uma entrada de 77,1 no país, segundo dados da Secex. A expectativa é que as importações superem as exportações também no mês de outubro.

Para o Arroz, no RS, o clima ajudou e a semeadura avançou, alcançando 63% da área prevista. As lavouras estão em germinação e desenvolvimento vegetativo. Algumas lavouras apresentam germinação desuniforme em função do solo seco e outras estão sendo irrigadas para provocar a germinação. Ainda é necessário chuvas para regularizar os níveis das barragens, que se encontram abaixo da capacidade.

Arroz Mercado Externo

Até 22 de outubro, a Argentina havia semeado 75% da área esperada para a safra 2020/21, de acordo com o Ministério da Agroindústria da Argentina. No mesmo período em 2019 a semeadura estava em 67%. A área estimada para o plantio do arroz é de 195 mil ha, elevação de 2,6% em relação à safra anterior.

Nas cotações, os contratos futuros da CBOT entre os dias 22 a 29 de outubro fecharam com valorização semanal de 0,08% a 1,88% nos vencimentos entre nov/20 a set/21. O mês de novembro fechou hoje (29), valendo US$ 12,470/saca.

Obtenha informações estratégicas para a melhor decisão de compra e venda de produtos agrícolas em AF News Agrícola. 
 

Veja Mais
Mercado do Arroz: Preço atingiu alta de 130% no ano, chegando a média mensal de R$ 105/saca
Arroz – Balanço Semanal: Plantio de arroz se encontra em fase de término no Rio Grande do Sul
Arroz - Balanço Mensal: Novembro finaliza com 97% da safra de arroz 20/21 plantada no Rio Grande do Sul
Arroz – Balanço Semanal: Distanciamento das beneficiadoras do mercado causa recuo nos preços do arroz
Arroz – Balanço Semanal: RS atinge 85% do previsto para semeadura de arroz

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo