Arroz – Balanço Semanal: Com preços recordes, produtor se anima e área pode crescer em 2020/21

  • 10/09/2020
  • 2
  • Categoria(s): Mercado de Arroz |

Cotação do Arroz

As cotações recordes do arroz em casca que já ultrapassaram a casa dos R$ 100/saca, devem estimular os produtores a aumentarem a área na próxima temporada. As altas seguem atreladas à demanda aquecida, dólar alto e oferta restrita. Veja mais:


Patrocinado

Arroz Brasil

Segundo informações do Cepea, de 31 de agosto a 8 de setembro, o Indicador do arroz ESALQ/SENAR-RS, 58% grãos inteiros, com pagamento à vista, registrou expressivo aumento de 10,8%, fechando a R$ 104,17/saca de 50 kg na terça-feira, dia 8 – renovando seu recorde real histórico da série do Cepea. Pesquisadores do Centro de Estudos afirmam que as altas seguem atreladas à demanda aquecida.

Os preços registraram mais uma intensa valorização na semana em busca dos patamares de importação de arroz dos EUA e Ásia. Todavia, o atual preço praticado já atingiu as paridades desses países, que giram em torno de R$100/saca, posto ao produtor no Rio Grande do Sul. Logo, espera-se que o mercado esteja próximo do pico, pois, mesmo com a moeda nacional desvalorizada, identifica-se a viabilidade financeira para a importação de arroz de fora do bloco do Mercosul.

Sobre a oferta e demanda internas, as significativas exportações entre março e agosto corroboraram o cenário ajustado, ademais, notam-se as indústrias de beneficiamento operando com estoques reduzidos e com dificuldade de reposição da matéria-prima. Em contrapartida, atualmente os produtores se encontram abastecidos e, com o menor excedente exportável do Mercosul, balizam preço com o mercado de fora do bloco.

Apesar de hoje não haver possibilidade de desabastecimento, para o final da entressafra, haverá necessidade de importação de produto dos EUA e da Índia para recompor a oferta nacional entre novembro/20 e fevereiro/21.

Com relação a próxima safra, vale lembrar que os orizicultores ainda avaliam os custos e receitas, assim como a perspectiva para o período de comercialização em 2021, para efetivamente decidirem a área a ser destinada ao cereal. Especificamente no Rio Grande do Sul, maior estado produtor de arroz, a área prevista de semeadura deve crescer 3,5% frente ao ano-safra anterior, podendo chegar a 969,2 mil hectares na temporada 2020/21, segundo informações do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga) divulgadas em 3 de setembro.

Balança Comercial

Segundo dados do ComexStat para o mês de agosto, o Brasil exportou 213,0 mil toneladas (base casca) com uma média de preço de US$483,92/t para arroz polido. Sobre as importações, o volume contabilizado no mesmo período foi de 61,9 mil toneladas, sendo o Paraguai o principal país fornecedor com um preço médio de comercialização de arroz polido de US$387,56/t.

Com isso, a balança comercial do grão apresenta, no acumulado da Safra 2019/2020 (março/20 à agosto/20), um superávit de 883,2 mil toneladas. Com a reversão projetada para os próximos meses no comportamento da balança comercial do arroz, projetase um superávit para o final da comercialização da Safra 2019/2020, entre março de 2020 e fevereiro de 2021, de 400 mil toneladas.

Arroz Mercado Externo

Na Tailândia, com a demanda estável e queda nas cotação da moeda local (Bath), com a saída do Ministro das Finanças tailandês, espera-se amena retração nos preços nas próximas semanas. Somado à estes fatores, destaca-se que baixa oferta de produto no Vietnã e preços mais elevados no país, devem atrair demanda para o grão da Tailândia no curto prazo.

Na Bolsa de Chicago, a cotação do arroz fechou valendo US$ 12,55/saca no dia 08, para os futuros com entrega em set/20, obtendo uma valorização de 0,52%. Para os demais contratos de nov/20 a jul/21 a CBOT registrou alta de 0,52% a 0,81% na variação semanal entre 31 de agosto a 08 de setembro.

Obtenha informações estratégicas para a melhor decisão de compra e venda de produtos agrícolas em AF News Agrícola.

Veja Mais
Arroz – Balanço Semanal: RS atinge 85% do previsto para semeadura de arroz
Arroz – Balanço Semanal: Segundo USDA, produção de arroz mundial deve se manter acima das 500 milhões de toneladas na Safra 2020/21
Arroz - Balanço Mensal: Mesmo com isenção de impostos no arroz importado, cereal fechou com leve alta nos preços em outubro
Arroz – Balanço Semanal: Rio Grande do Sul retoma ritmo de negócios, mas preços continuam estáveis
Arroz – Balanço Semanal: preço do arroz se estabiliza após seguidos meses de alta

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo