Reação mercado de ações da China: índices caem pressionados por dúvidas sobre finalização da primeira fase do pacto com os EUA

  • 30/10/2019
  • 9
  • Categoria(s): Notí­cias Populares |

ìndices acionários da China

Enquanto os índices acionários da China recuam sob a pressão de constantes preocupações da primeira fase do acordo comercial com os Estados Unidos não ser concluída a tempo da assinatura no Chile no próximo mês,  o governo do presidente norte-amerciano, Donald Trump  mantém-se confiante na esperança do acordo sair, mesmo depois do Chile ter cancelado, nesta quarta-feira (30), o plano de sediar o encontro com líderes mundiais da cúpula do Fórum de Cooperação da Ásia Pacífico (APEC).

Segundo informações da Reuters, a  Casa Branca se pronunciou  afirmando que mesmo que a cúpula da Apec não tenha ainda um local alternativo planejado para a realização do encontro, entre  os dias 11 e 17 de novembro, em que as autoridades chinesas e dos EUA esperavam finalizar o pacto, o otimismo pelo fim da guerra comercial ainda impera.

Embora a decisão chilena pelo cancelamento tenha causado surpresas hoje no mundo, os EUA disseram que esperam ansiosos por finalizar a fase um do histórico acordo comercial entre as duas maiores potências econômicas do mundo.  

Até que se defina novo local para o encontro, o mercado financeiro da CHINA já começou a reagir com pessimismo nos principais índices, entre eles o CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen,  cujo fechamento retrocedeu  0,49%,  enquanto o índice de Xangai teve perdas de 0,50%, a 2.939 pontos.  

Em TÓQUIO, o índice Nikkei também amargou uma redução de 0,57%, a 22.843 pontos. O quadro negativo também  se repetiu em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,44%, a 26.667 pontos. Em SEUL, o índice KOSPI apresentou uma desvalorização de 0,59%, a 2.080 pontos.

 *Com informações da Reuters

Obtenha informações estratégicas para a melhor decisão de compra e venda de produtos agrícolas em AF News Agrícola.

Veja Mais
Impactos do Coronavírus: Dólar sobe para quase R$ 5,30 após dados negativos na Europa e Payroll nos EUA
Economia: Dólar cai em linha com o exterior
Economia: Dólar abre em alta e supera R$5,20 com cautela generalizada
Coronavírus: Alta na demanda faz os preços subirem até 70% no varejo de alimentos
Trigo Brasil: Abitrigo se manifesta sobre as restrições de rodovias e reforça a importância da produção de alimentos neste momento de pandemia

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo