Trigo – Balanço Semanal: Trigo Brasil, Trigo Argentina e Trigo Mercado Externo (21 a 25/10)

  • 25/10/2019
  • 4
  • Categoria(s): Mercado de Trigo |

Cotação do Trigo

Durante a semana a cotação do trigo brasileiro operou com certa estabilidade na maioria das regiões, mas com leve tendência a queda. Tanto que no preço do lote do trigo houve registro de baixa e na variação semanal os índices acumularam desvalorização comparado com a última sexta-feira.

Trigo Brasil

No Rio Grande do Sul a média estadual passou de R$ 38,96/saca da última semana para R$ 38,54/saca com queda de 1,08%. Em Santa Catarina os preços tiveram retração de 0,24% fechando em R$ 42,07/saca. Em São Paulo as cotações finalizaram a sexta-feira em R$ 48,85/saca com queda de 1,37% ante a semana anterior.

Somente no Paraná é que os preços apresentaram uma tímida valorização em 0,26% passando de R$ 45,37/saca da semana passada, para R$ 45,49/saca no fechamento do dia 25/10.

Com relação a colheita de trigo no Paraná, o Deral informou que até o dia 21 de outubro, 82% das áreas de trigo já tinham sido colhidas. Do trigo que ainda está no campo, 78% apresenta-se em boas condições de lavouras, 20% regulares e 2% em condições ruins. Nas fases de desenvolvimento, 1% ainda está em floração, 35% em frutificação e 64% já está em fase final de maturação. Ainda de acordo com o boletim, 44% da safra já foi comercializada até o momento.

No dia 23, o Departamento de Economia Rural do Paraná também divulgou as projeções de produção da safra de trigo paranaense 2019/20 que desta vez ficou em 2,17 milhões de toneladas. O resultado é de uma queda de 22% ante a temporada anterior e bem abaixo das estimativas iniciais da safra que era de 2,8 milhões de tons.

No Rio Grande do Sul, a Emater/RS-Ascar divulgou em seu boletim semanal que 1% das lavouras de trigo está entrou em fase é de floração, 25% delas estão em enchimento do grão, em 58% delas o trigo encontra-se em maturação (característica que se configura entre a maturação fisiológica e o ponto de colheita) e foram colhidos 16% das lavouras.

BALANÇO SEMANAL AFNEWS DE PREÇOS DO TRIGO NO BRASIL

HISTÓRICO SEMANAL DÓLAR

Trigo Argentina

Durante o mês de outubro as cotações do trigo na Argentina têm permanecido firmes, a Matba e a Bolsa de Cereales registraram valorização em alguns contratos nos últimos dias, com destaque para dez/19 na Bolsa de Cereales que subiu US$ 10,00/ton do dia 09/10 para o dia 24/10.

A Bolsa de Rosário também obteve ganhos, mas essa semana o mercado operou de forma contida em função das eleições presidenciais que devem ocorrer no próximo dia 27/10.

Na variação semanal os preços operaram mistos, com a Matba apresentando queda de 1,97% nos contratos de jan/19. Enquanto que a Bolsa de Rosário registrou alta nos preços dos futuros de fev/20 em 1,02%.

Nas exportações do período de 10 a 16 de outubro divulgadas ontem pelo Ministério da Agroindútria, a Argentina registrou queda de 67,89% no volume exportado de trigo comparado com a semana anterior. Nenhuma embarque foi registrado para o Brasil no Line Up da Agência Marítima NABSA no período de 23 a 28 de outubro.

TABELA AFNEWS DE PREÇOS DA PARIDADE DE IMPORTAÇÃO DO TRIGO

TABELA AFNEWS DE PREÇOS DO TRIGO ARGENTINO

Trigo Mercado Externo

A Bolsa de Chicago começou a semana com leve valorização no mercado do trigo hard na segunda-feira (21), porém, registrou baixa na terça e quarta-feira, se recuperou levemente na quinta, mas fechou esta sexta-feira em queda.

Na variação semanal o preço do trigo hard ficou desvalorizado em 2,72% nos contratos de dez/19 e 2,53% nos contratos de mar/20 fechando em US$ 419,50/bu (dez/19) e US$ 432,75/bu (mar/20). Já para o trigo soft a mesma movimentação foi notada.

Entre os fatores que balizaram os preços durante a semana, esteve a divulgação do relatório do USDA referente ao andamento das lavouras de trigo de inverno, que atingiram 77% de plantio até o dia 20/10, um pouco a frente dos 75% da média dos últimos 5 anos. Do trigo que já foi plantado, 53% já haviam emergido.

A colheita do trigo de primavera já está chegando ao seu final e até a última semana 96% das áreas já haviam sido colhidas.

Nas inspeções semanais de 11 a 17 de outubro as vistorias no trigo para exportação totalizaram 565,09 mil toneladas, com alta de 13,60% ante a semana anterior. Já nas vendas líquidas, o USDA informou que foram comercializados 262,4 mil toneladas de trigo com queda de 33,59% comparado com a semana anterior.

Nas exportações embarcadas no período, houve movimentação de 497,7 mil toneladas, com queda de 2,58% comparado com a semana passada.

TABELA AF NEWS COTAÇÃO DO TRIGO HARD SEMANAL NA BOLSA DE CHICAGO

TABELA AF NEWS COTAÇÃO DO TRIGO SOFT SEMANAL NA BOLSA DE CHICAGO

TABELA AF NEWS COTAÇÃO DO TRIGO HARD SEMANAL NO GOLFO

TABELA AF NEWS COTAÇÃO DO TRIGO SOFT SEMANAL NO GOLFO

Veja Mais
Trigo – Balanço Mensal: Julho encerra com indicadores mistos no Brasil e no mercado externo
Trigo Argentina: Plantio de trigo na Argentina segue com atraso. Nas exportações, há registro de queda nas vendas
Trigo Mercado Externo: China deverá potencializar importações de trigo
Trigo Brasil: Lavouras em fase de maturação aumentam no Paraná
Trigo Argentina: Projeção de áreas destinadas ao grão são ajustadas para baixo

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo