Destaques da Economia Brasileira (de 21 a 25 de outubro)

  • 25/10/2019
  • 2
  • Categoria(s): Notícias Agrí­colas |

Economia Brasileira

A reforma da Previdência foi o assunto mais comentado dessa semana, já que tem o proposito de trazer aos cofres públicos uma economia de mais de R$ 630 bilhões ao longo de 10 anos. Outro fator atrelado a esta questão, foi a queda do dólar que despencou essa semana, cuja variação semanal atingiu queda de 2,80% nesta sexta-feira. Confira os destaques da última semana...

Economia brasileira

Durante os anos 2000 a China correspondia a somente 4% das exportações brasileiras. Há uma década, o número era de 17%. Já nos primeiros nove meses deste ano, o volume de exportação dos produtos brasileiros para os chineses saltou para 34%.

Sendo a maior importadora de soja mundial, a China tem diversificado a compra da oleaginosa em diversos países, especialmente no Brasil, após o grande impacto da Guerra Comercial com os Estados Unidos. Além da soja, a China tem importado grande volume de carne, celulose, madeira, algodão e demais produtos agrícolas.

Somente neste ano as receitas da participação chinesa nas exportações do Brasil contabilizam 33% do total, com US$ 23 bilhões. Há dez anos, as compras pela China voltadas ao agronegócio do Brasil somavam US$ 7,92 bilhões.

A estimativa é de que esse fluxo de compra aumente ainda mais, tendo em vista que o crescimento da economia da China fica entre 5% a 6% e isso aumenta principalmente a demanda de consumo de proteína animal. Porém, os olhos do mercado brasileiro devem permanecer atentos a movimentação da Guerra Comercial, porque a redução do volume de importação dos Estados Unidos referente aos produtos chineses pode afetar a economia chinesa.

 Destaques do Mercado

Nessa semana o que mais se debateu foi sobre a aprovação da reforma da previdência. De acordo com a Instituição Fiscal Independente, órgão ligado senado, a reforma da Previdência representará uma economia estimada em R$ 630 bilhões em despesas nos próximos 10 anos. Anteriormente, o valor havia sido estimado em R$ 800 bilhões, porém, no momento da aprovação, houveram algumas alterações ligadas aos servidores públicos federais.

Jair Bolsonaro planeja isentar visto de chineses que pretendem visitar o Brasil. Nesta semana o presidente do Brasil, divulgou que vai isentar os chineses de visto para entrar no Brasil para turismo ou negócios. Por hora, a medida não será reciproca, como já foi anteriormente anunciada pelos Estados Unidos, Japão e Canadá.

Uber pretende aumentar o número de motoristas mulheres através de programa de incentivo. O Uber anunciou um novo programa de vantagens para mulheres no Brasil. A iniciativa propõe descontos em academias e universidades, além de cursos de educação financeira. Outra novidade é a opção "U-Elas" que permitirá à motorista aceitar somente corridas solicitadas por outras mulheres.

Petrobrás registra alta de 37% no lucro líquido do 3º trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano anterior. A Companhia obteve alta de 36,8% na comparação do mesmo período do ano anterior. No entanto, esse resultado não é nada agradável comparado aos dois últimos trimestres, já que caiu 51% ante os números do segundo trimestre, em que havia lucrado R$ 18,9 bilhões. Os resultados deram uma boa melhorada devido ao aumento na produção de óleo e gás, que chegou a 2,264 milhões de barris por dia.

 Agronegócio Brasileiro e Balança Comercial

Com a reforma da Previdência a cotação do dólar sofreu uma forte queda nos últimos dias. Na última sexta-feira o dólar fechou cotado em R$ 4,1193/US$ e hoje, por volta das 15h00 operava em queda de 2,80% na variação semanal em R$ 4,004/US$. Na variação diária, comparado ao dia anterior, a desvalorização da moeda norte-americana era de 1,01%.

Desde terça-feira o dólar vem despencando e o avanço da aprovação da reforma irá sustentar este cenário pelos próximos dias. No entanto, para o mercado de exportação das commodities agrícolas, esta baixa pode representar perdas nas cotações. Ontem (24) o milho fechou com queda de 1,31% no mercado spot da BM&F e a soja apresentou recuo de 0,31%.

Com relação as exportações. A Secex divulgou que na 3ª semana de outubro volume de soja brasileira embarcada nos portos foi de 1,464 milhão de toneladas e para o milho 1,043 milhão de tons. No acumulado do mês a soja já contabiliza 3,10 milhões de toneladas, enquanto que o milho já ultrapassou os 3,87 milhões de tons.

Obtenha informações estratégicas para a melhor decisão de compra e venda de produtos agrícolas em AF News Agrícola. 

Veja Mais
Destaques da Economia (de 20 a 24/01)
Defensivos Agrícolas: Qual a importância do MIP (Manejo Integrado de Pragas) na Produção Agrícola?
Fertilizantes: Mercado agrícola ainda poderá contar com preços favoráveis em 2020
Agricultura de Precisão: Integração Lavoura-Pecuária aumenta a produtividade e beneficia qualidade do solo
Acordo inicial entre Estados Unidos e China deve afetar exportações do agronegócio e da indústria no RS

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo