Derivados de milho: demanda tem se mostrado estável na região de São Paulo.

  • 29/08/2019
  • 4
  • Categoria(s): Derivados de Milho |

Derivados de Milho

OLÁ, NO MINUTO AF NEWS AGRÍCOLA DE HOJE, TEM CONTEÚDO NOVO ESTREANDO AQUI NO CANAL. PRA VOCÊ QUE É LIGADO AO SETOR MOAGEIRO DO MILHO, TEM DERIVADO PINTANDO POR AQUI, MAS ANTES DE FALAR DESSE MERCADO, NÃO ESQUEÇA DE FAZER SUA INSCRIÇÃO NO CANAL E CLICAR NO SININHO PARA SER LEMBRADO DOS NOVOS VÍDEOS.

O mercado dos derivados de milho na região de São Paulo tem apresentado poucas novidades nos últimos dias, já que a demanda pelos produtos têm se mostrado estável, o que acaba dificultando a formação de preços.

O consumo pelos derivados não registrou aumento nos últimos meses, mantendo a demanda estabilizada, mas não se sabe de fato o que está acontecendo. O mês de agosto vem apresentando o pior índice na procura pelos derivados. Com essa queda na comercialização, acabou afetando também a produção, que teve uma diminuição na moagem, para não existir o risco de aumentar o estoque de mercadorias. Na opinião de um importante moageiro sediado no Estado de São Paulo, a produção dos derivados de milho comparada com o ano passado, caiu cerca de 30%. É bem possível que algumas empresas estejam praticando preços menores, para conseguir fluxo de caixa.

Os últimos preços pagos na matéria prima ficaram em torno de R$34,00/saca de 60 kg, posto moageira em SP, após a desvalorização na Bolsa de Chicago nos últimos dias, permaneceram sem negociações. Os produtores neste momento não querem comercializar abaixo desta faixa. A tentativa de operar um pouco acima deste índice, impede o fechamento de novos contratos de grandes volumes.

Talvez demore um pouco para os preços se ajustarem, já que os produtores conseguiram realizar vendas antecipadas nesse ano, e o que já receberam dos contratos, utilizaram para pagar os custos iniciais da colheita e agora podem aguardar uma melhor valorização nas vendas do milho.

O que tem preocupado bastante as indústrias moageiras, são os fatos relacionados à economia, com alta do dólar e as eleições presidenciais da Argentina, que podem ser grandes influenciadores nos preços, por esta razão é que o mercado interno pode estar estacionado, já que com a desvalorização da moeda argentina, os produtos agrícolas podem disparar nas exportações, tornando o pais vizinho um concorrente de peso.

Exportação

No quesito exportação, o mercado internacional está superaquecido. De acordo com as fontes consultadas no Estado do Paraná e Goiás, é o terceiro mês que as exportações dos subprodutos do milho vem se superando.

Cotação dos derivados

As médias dos preços praticados dos derivados de milho em tonelada FOB, nas regiões dos estados de São Paulo, Goiás e Paraná na última semana.

Os preços do Amido de milho (in natura), ficou em média R$ 1.275,00/ton FOB entre São Paulo e Paraná.

A cotação do Fubá (amarelo), ficou em média R$ 975,00/ton FOB entre São Paulo, Goiás e Paraná.

Os valores praticados para o Grits (cervejeiro ou snacks), ficou em média R$ 1.000,00/ton FOB entre os três estados.

Os preços negociados da Canjica (amarela), ficou em média R$ 1.015,00/ton FOB entre os três estados.

A cotação da Farinha de milho (pré-gelatinizada), ficou em média R$ 1.225,00/ton FOB entre os três estados.

Os valores negociados do Flocão (amarelo), ficou em média R$ 1.025,00/ton FOB entre os três estados.

A cotação do Floquinho (amarelo), também ficou em média $ 1.030,00/ton FOB entre os três estados.

Os preços da Quirera (amarela), ficou em média R$ 980,00/ton FOB entre os três estados.

A cotação do Farelo (germe gordo), ficou em média $ 650,00/ton FOB entre os três estados.

O preço do Farelo (germe desengordurado) foi de R$ 580,00/ton FOB no Paraná.

Confira na tabela abaixo os preços médios de cada estado e os impostos para vendas fora e dentro do estado.

TABELA AFNEWS DE PREÇOS MÉDIOS DOS DERIVADOS DE MILHO NA REGIÃO DE SÃO PAULO

Veja Mais
Derivados de milho: Mercado segue com cotações firmes nessa primeira quinzena de janeiro
Com a alta na cotação da matéria-prima, preços dos derivados de milho registram reajustes
Setor dos derivados de milho tem se mostrado aquecido para as exportações
Mercado dos derivados de milho atento aos preços firmes da matéria prima
Cenário dos derivados de milho atua cauteloso, com a alta da matéria prima

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar





Sobre AF News

A AF News com sede em Curitiba PR, foi idealizada para poder atender as necessidades de empresas e pessoas com informações de mercado e análises. Com responsabilidade, ética e imparcialidade nosso objetivo é promover o questionamento e a divulgação de informações útei...
Continue Lendo