Pão industrializado pode ser sinônimo de saudabilidade? ABIMAPI desvenda mitos e verdades sobre o assunto

  • 25/07/2019
  • 10
  • Categoria(s): Notícias Agrí­colas |

Ele ganhou popularidade na dieta dos brasileiros. Puro ou com manteiga, quente ou frio, tanto faz. O pão é quase uma unanimidade na preferência dos brasileiros na hora do ‘breakfast’, do ‘snack’ da tarde ou da ceia. Eleito pela maioria das famílias como o alimento mais democrático dos churrascos, festas de aniversários e outros eventos, que reúnem pessoas diferentes, ele [o pão],  combina com vários outros tipos de alimentos. Ou seja, consegue reunir uma série de atributos que o tornam o ‘queridinho’ da mesa.   

Parece lobby, mas não é! Ao contrário do que algumas pessoas pensam, por ser fonte de carboidrato o pão é nutritivo e essencial para fornecer energia para o corpo e a mente no dia a dia. Para esclarecer alguns mitos e verdades, recorremos à Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (ABIMAPI), para desvendar algumas curiosidades sobre o alimento mais antigo e sagrado, inclusive, para algumas culturas.

A consultora em nutrição da ABIMAPI, Marcela Tardioli, explica que nas versões industrializadas  é possível encontrar ainda mais opções com apelo de saudabilidade, como os integrais, enriquecidos com grãos, por exemplo. Marcela responde a seis dúvidas, muito comuns, que costumam pairar sobre a cabeça.  Veja a seguir:

Pão de forma é realmente o vilão das dietas, mito ou verdade?
Mito. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os carboidratos devem contribuir com 60% do total de calorias ingeridas. Dentro dessa recomendação, o consumo de pão não faz mal à saúde e não contribui para o aumento do peso desde que seja consumido com moderação e em porções corretas, assim como qualquer outro alimento. Além disso, é importante se atentar ao que escolhemos para adicionar no pão como manteiga, requeijão ou queijos, que podem acabar deixando-o mais calórico.

Nem todo pão de forma dito como integral é, de fato, integral. Mito ou verdade?
Verdade. Fique sempre atento ao rótulo. O primeiro ingrediente descrito é o que tem em maior quantidade no produto. Para o pão ser considerado integral deve vir descrito na lista dos ingredientes em primeiro lugar a farinha de trigo integral e não farinha de trigo enriquecida com ferro e ácido fólico, por exemplo.

A opção de pão de forma integral é mais saudável. Mito ou verdade?
Verdade. O pão integral é rico em fibras, que favorecem o controle dos níveis de gordura no sangue e contribuem positivamente para melhores índices glicêmicos, principalmente após as refeições. Dessa forma, os alimentos integrais podem contribuir para redução do risco de doenças do coração e de diabetes, quando inseridos em uma dieta balanceada aliada a hábitos saudáveis de vida.

Para quem deseja perder peso, o pão não deve ser consumido nem antes e nem depois de atividades físicas. Mito ou verdade?
Mito. Uma boa alimentação para academia prevê carboidratos associados a fontes de proteína, especialmente no período pós-treino. Portanto, ingestão do alimento ajuda a recarregar a energia do corpo, favorecendo a recuperação muscular e evitando a fadiga.

O pão promove a formação de serotonina, mito ou verdade?
Verdade. Alimentos ricos em carboidratos contribuem para a formação deste neurotransmissor, responsável pelo humor e sensação de bem-estar. Sendo assim, consumir pão pode ajudar a manter a disposição e alto-astral no dia-a-dia.

Comer pão deixa inchado, mito ou verdade?
Mito. Como já dito anteriormente, o pão em si não faz mal se consumido moderadamente. Mas, um fator que pode provocar a sensação de inchaço é se a pessoa for celíaca (intolerante ao glúten). Por isso, em caso de desconforto abdominal, é importante procurar um profissional para uma melhor avaliação e orientação.

Fonte: Abimapi

Obtenha informações estratégicas para a melhor decisão de compra e venda de produtos agrícolas em AF News Agrícola. 

 

Veja Mais
Agricultura de Precisão: Brasil e Canadá debatem cooperação na agricultura de precisão e digital
Fertilizante organomineral: entenda os benefícios e como eles podem aumentar a produtividade
Melhoramento Genético: Pesquisador da UFV desenvolve metodologia para fenotipagem de plantas utilizando imagens de drones
Agronegócio Brasileiro: Saldo comercial do agronegócio brasileiro bate recorde em 2020, aponta CNA
Defensivos Agrícolas: Países europeus demonstram preocupações com gergelim da Índia

Quer receber as últimas atualizações de Trigo, Milho, Farinhas, Farelos, Soja e do agronegócio em seu e-mail?

Cadastrar