Notícias Agrícolas - AF News

Última atualização: 15/5/2018 - Atualizado em 02/10/2013h46

Preços da soja ganham força novamente na CBOT, em meio a esperança de negociações entre China e EUA

Relatório USDA de progresso da soja nos EUA puxa os preços para baixo na sexta-feira, mas aumento nas exportações e otimismo nas negociações entre China e EUA dão força novamente aos preços na CBOT.
Confira!

De AF News Análises

Por Maíra Laskoski

Em seu último relatório no dia 10/05, o USDA fixou a safra de soja dos EUA em 35%, contra uma média de 26% em cinco anos. E determinou a emergência da soja em 10%, contra uma média de 6% em cinco anos.

Já na sexta-feira o mercado reagiu ao relatório divulgado, os futuros de soja caíram para o menor nível desde 4 de abril durante o pregão da noite. Na Bolsa de Chicago a oleaginosa estava sendo negociada a US$994,75 cents/bushel, aproximadamente US$372,28/ton, com entrega para maio/18. Negócios para julho/18 foram negociados a US$1003,25 cents/bushle, equivalente a US$368,70/ton.

O relatório de exportações informou que as vendas semanais totalizaram 688.195 tons desoja na semana que terminou em 10 de maio, acima das 535.210 tons da semana anterior e 58,6% acima do mesmo período no ano de 2017.

O estado de Iowa tem 33% de sua safra de soja plantada, acima da média de 28% em cinco anos. O ritmo de plantio de soja em Illinois atingiu 66% contra uma média de 24% em cinco anos. Os agricultores de Minnesota permanecem em atraso, com apenas 11% plantados contra a média de cinco anos de 37%.



Com o relatório crescente de exportações e o otimismo de que os EUA e a China podem elaborar um acordo comercial, a soja ficou mais alta durante a noite de sexta-feira.
 
Na segunda-feira os preços futuros da soja na CBOT para entrega em maio/18 tiveram variação absoluta de US$18,25 cents/bushel, +US$6,70/ton, sendo negociada a US$1013 cents/bushel (US$372,28/ton). Os contratos para julho/18 foram negociados com variação absoluta de US$14,5 cents/bushel, que representa US$5,30/ton, cotados a US$1017,75 cents/bushel (US$374,03/ton).

Os traders estão mais otimistas, com esperança de que as compras de soja pela China aumentem em meio a sinais de aliviar as tensões comerciais com o maior comprador mundial de soja, depois que o presidente Trump disse que quer ajudar a empresa chinesa de tecnologia ZTE Corp. Fontes disseram que a China estava disposta a importar mais produtos agrícolas norte-americanos em troca de sanções contra a ZTE, mas não ofereceram detalhes.
veja também
informativo - assinatura
O cadastro é rápido, fácil e você passa a ter acesso a
benefícios exclusivos: Receber as diversas newsletters,
comentar as materias publicadas e balanços semanais.