Notícias Agrícolas - AF News

Última atualização: 26/6/2018 - Atualizado em 02/10/2013h46

Prêmio de exportação da soja aumenta no Brasil, mas logística impossibilita sojicultores de aproveitarem a oportunidade

Mas o preço atrativo ainda não foi suficiente para incentivar os sojicultores brasileiros a aumentar o ritmo das vendas. Confira!!

De AF News Análises

Por Maíra Laskoski

Com a escalada das tensões comerciais entre os EUA e a China, o prêmio de exportação da soja subiu com força no Brasil nos últimos dias, ampliando a demanda pela oferta sul-americana. Mas o preço atrativo ainda não foi suficiente para incentivar os sojicultores brasileiros a aumentar o ritmo das vendas.

O desinteresse em novos negócios se deve à tabela de fretes mínimos implementada recentemente, medida que aumentou os custos do transporte rodoviário em até 150% em algumas regiões, segundo estudo da CNA (Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária). Os compradores –exportadores e esmagadores de soja– descontam os custos de frete dos preços pagos aos produtores rurais.


Além disso, os sojicultores brasileiros estão retraídos das vendas uma vez que já escoaram grande parte da safra 2017/18 e comercializaram uma parcela da 2018/19 a preços mais elevados.


Entre 15 e 22 de junho, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa da soja Paranaguá (PR) subiu 1,4%, a R$ 84,70/saca na sexta-feira, 22/06. No mesmo comparativo, o Indicador CEPEA/ESALQ Paraná registrou alta de 1,6%, a R$ 78,25/sc no dia 22/06.

CLIQUE AQUI PARA VISUALIZAR A TABELA AFNEWS DE PREÇOS DA SOJA NAS PRINCIPAIS REGIÕES PRODUTORAS

Na BM&F os preços desvalorizaram em relação ao mesmo período de 2017, e no mês os preços desvalorizaram cerca de 15%.

CLIQUE AQUI PARA VISUALIZAR A TABELA AFNEWS DE PREÇOS DA SOJA NA BM&F
veja também
informativo - assinatura
O cadastro é rápido, fácil e você passa a ter acesso a
benefícios exclusivos: Receber as diversas newsletters,
comentar as materias publicadas e balanços semanais.