Notícias Agrícolas - AF News

Última atualização: 04/7/2016 - Atualizado em 02/10/2013h46

GOVERNO FEDERAL: Meta é passar reformas até fim do ano, diz Padilha

O ministro-­chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, anunciou nesta terça-feira (28/06) que a meta do governo é aprovar no Congresso Nacional as reformas da Previdência Social e trabalhista até o fim do ano

De AF News Análises

A proposta governista, contudo, ainda não está consolidada. Nesta terça, o governo anunciou a revisão das regras para acesso ao certificado de filantropia, que isenta instituições do pagamento da contribuição patronal, e a venda de imóveis do INSS. Também confirmou que a primeira parcela do 13º salário dos aposentados será em agosto.

Reunião - "Nossa meta é que até o final do ano as reformas da Previdência e trabalhista sejam votadas", disse Padilha, após reunião do grupo de trabalho que discute a reforma do sistema previdenciário.

Rediscussão - Atendendo a uma reivindicação das centrais sindicais, o assessor­ chefe da Casa Civil, Marcelo Siqueira, afirmou que o governo vai rediscutir as regras atuais de concessão do certificado de filantropia, que isenta as beneficiadas do pagamento da contribuição patronal.

Renúncia - Segundo Siqueira, a renúncia fiscal decorrente das entidades filantrópicas totaliza hoje R$ 11 bilhões.

Alienação - Siqueira também anunciou que o governo vai acelerar o programa de alienação da carteira de imóveis não operacionais do INSS. Segundo Siqueira, esse patrimônio pode render até R$ 1,5 bilhão ao fundo de previdência.

Idade mínima - O presidente da Força Sindical, deputado Paulo Pereira da Silva (SD­SP), reafirmou que as centrais sindicais não concordam com a fixação de uma idade mínima para aposentadoria. Ele comemorou a confirmação do governo de que a primeira parcela do 13º salário dos trabalhadores e aposentados será paga a partir do dia 25 de agosto.

Fonte:Paraná Competitivo   
veja também
informativo - assinatura
O cadastro é rápido, fácil e você passa a ter acesso a
benefícios exclusivos: Receber as diversas newsletters,
comentar as materias publicadas e balanços semanais.