Notícias Agrícolas - AF News

Última atualização: 28/10/2016 - Atualizado em 02/10/2013h46

Uso de matérias primas alternativas podem ser a solução na nutrição de aves e suínos

Não é novidade que o custo da alimentação representa a maior parte do custo de produção das aves e suínos....

De AF News Análises

Não é novidade que o custo da alimentação representa a maior parte do custo de produção das aves e suínos, entretanto, com o atual preço das principais matérias-primas, milho e farelo de soja, a produção está praticamente inviável. Não é exagero dizer que os produtores estão pagando para trabalhar, o que de fato é muito preocupante.

Na atual situação em que o mercado se encontra, é preciso achar soluções para driblar essa alarmante crise. Diante desse cenário, o uso de matérias-primas alternativas, como arroz e trigo, auxilia na redução dos custos com a ração e vem se tornando um forte aliado dos produtores.
Se pelo lado econômico o farelo de arroz e o trigo são excelentes, nutricionalmente falando eles não são perfeitos, embora o milho e o farelo de soja também apresentem frações não digestíveis.

Os polissacarídeos não amiláceos (PNA) não são passíveis de digestão no trato gastrointestinal dos animais não ruminantes, além de não serem aproveitados, são capazes de aumentar a viscosidade da dieta por reterem água, como consequência, diminui-se a digestibilidade das demais frações da dieta, como o amido, lipídeos e as proteínas.

Então, para aumentar a digestibilidade dessas frações, pode-se lançar mão de tecnologias como as Enzimas. O uso de enzimas exógenas, como as xilanases ou blends de carboidrases, aumenta a biodisponibilidade dos PNA, apresentam uma matriz nutricional energética e diminuem a viscosidade facilitando a ação das enzimas endógenas.

Tendo em vista este cenário, a Quimtia desenvolveu a linha Precizyon®, destinada exclusivamente para enzimas. Em se tratando de carboidrases, o carro chefe é a Precizyon X 50, um blend composto por amilase, β-glucanase, xilanase e amilase, com sua função comprovada por diversos estudos em universidades e à campo.

O uso desses aditivos, quando adicionados à dieta, possibilitam um melhor desempenho animal, digestibilidade dos nutrientes da dieta e consequentemente, uma redução no custo produtivo final. O uso de matérias-primas alternativas, é mais um passo em direção da otimização do processo produtivo, visando sempre o aproveitamento dos componentes e a performance animal.

Fonte: paranashop
veja também
informativo - assinatura
O cadastro é rápido, fácil e você passa a ter acesso a
benefícios exclusivos: Receber as diversas newsletters,
comentar as materias publicadas e balanços semanais.