Notícias Agrícolas - AF News

Última atualização: 01/6/2016 - Atualizado em 02/10/2013h46

Fábrica de fertilizante organomineral inicia construção no Distrito Federal

A Embrapa Solos (Rio de Janeiro-RJ), em parceria com a Calderon Consulting (Lauro de Freitas-BA), forneceu tecnologia para a elaboração de fábricas que produzirão fertilizante organomineral granulado a partir de resíduo de cama de frango

De AF News Análises

Em Paranoá, zona rural do Distrito Federal, a segunda destas fábricas começa a sair do papel (a primeira está localizada em Goioerê-PR). A Fertcon acreditou no projeto incentivada pela tradição da família no agronegócio. "Meu avô era proprietário de uma pequena propriedade rural, no norte do Rio de Janeiro, onde cresceram seus filhos, dentre eles, meu pai", conta Luciano Conceição, diretor executivo da Fertcon. "Meu pai, além de passar sua carreira no Banco do Brasil, apoiando o desenvolvimento do agronegócio, comprou uma propriedade rural no Distrito Federal, em 1988. Desde então, nunca deixei de atuar no ramo, administrando nossos próprios negócios e prestando consultoria no setor. Por vocação, me formei em Medicina Veterinária em 2003".

Ao tomar conhecimento da inovadora tecnologia, que torna possível um avanço no setor de fertilizantes, a Fertcon decidiu instalar uma fábrica na região. "A localização estratégica em que nos encontramos, próxima aos fornecedores e clientes, assim como a grande oferta de insumos, impulsionou ainda mais a vontade de investir no projeto", revela Luciano. "O fato de estarmos inseridos no agronegócio brasileiro, setor com perspectivas bastante promissoras, faz com que acreditemos no sucesso da empresa na produção de fertilizante organomineral granulado", completa.

Além disso, a área onde será instalada a planta foi estrategicamente selecionada para viabilizar a logística dos insumos e da produção: é uma região de alta concentração de produção de frango, matrizes e ovos, o que vai facilitar a aquisição de matéria orgânica. Outro fator importante é a proximidade dos futuros clientes. "A expectativa é destinar 100% da produção da FertCon para produtores rurais que estejam dentro de um raio de 60 quilômetros, tendo em vista o grande potencial produtivo regional, com uma imensa variedade de culturas, passando por grãos até hortifrúti", conta Luciano

Alguns obstáculos também aparecem, a equipe da Fertcon enfrentou muitas adversidades e burocracia, particularmente para obter as licenças necessárias. Depois de quase dois anos de trabalho, as obras começaram no dia 04 de maio. Atualmente, a construção está em fase de terraplanagem, iniciando as escavações para instalação da tubulação de drenagem do terreno. A meta é realizar a obra em oito meses, com start-up da fábrica previsto para fevereiro de 2017.

A indústria terá produção máxima de 25 mil toneladas/ano. A expectativa é estar operando com capacidade plena em 2019.
Fonte:Embrapa - Solos
veja também
informativo - assinatura
O cadastro é rápido, fácil e você passa a ter acesso a
benefícios exclusivos: Receber as diversas newsletters,
comentar as materias publicadas e balanços semanais.