Notícias Agrícolas - AF News

Última atualização: 30/8/2018 - Atualizado em 02/10/2013h46

USDA: receita dos EUA com exportação para a China deve cair 37% em 2019

Chicago, 29/08 - A receita dos Estados Unidos com a exportação de produtos agropecuários para a China deve ...

De AF News Análises

Chicago, 29/08 - A receita dos Estados Unidos com a exportação de produtos agropecuários para a China deve diminuir 37% no ano fiscal 2019, que começa em 1º de outubro, disse o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) em relatório trimestral sobre o comércio agrícola. Segundo o USDA, produtores dos EUA devem vender para o país asiático US$ 19 bilhões em grãos, carnes e outros produtos agropecuários no ano fiscal 2018, que termina em 30 de setembro. Esse montante, no entanto, deve cair para US$ 12 bilhões em 2019, refletindo a menor demanda por soja norte-americana após as tarifas retaliatórias chinesas.

No começo de julho, a China sobretaxou em 25% a oleaginosa dos EUA, além de sorgo, carne suína, lácteos, algodão e outros produtos. O impacto sobre as exportações de algodão, no entanto, deve ser menos significativo, disse o USDA, acrescentando que as vendas da fibra para a China até agora estão acima do nível verificado há um ano.

O valor total das exportações norte-americanas de produtos agropecuários deve ser de US$ 144,5 bilhões no ano fiscal 2019, um aumento de US$ 500 milhões ante 2018, disse o USDA. Esse crescimento se deve principalmente à expectativa de maiores exportações de trigo e hortaliças, legumes e frutas. A receita com embarques de trigo deve aumentar US$ 1,4 bilhão para US$ 7,1 bilhões, como resultado de maiores volumes e concorrência reduzida. Os EUA são um dos poucos países que vão colher uma safra robusta este ano, o que deve impulsionar suas exportações. Os embarques de hortaliças, legumes e frutas devem crescer US$ 400 milhões, para US$ 35,3 bilhões, disse o USDA.

A receita com a exportação de grãos e ração animal deve totalizar US$ 33,1 bilhões no ano fiscal 2019, um aumento de US$ 1,5 bilhão ante 2018. O USDA prevê que a receita com embarques de milho vai ficar estável, em US$ 11,2 bilhões. Já as exportações totais de soja devem atingir US$ 21 bilhões, uma redução de US$ 800 milhões na comparação com o ano fiscal 2018. O USDA observou, porém, que o prêmio da soja sul-americana vai continuar melhorando a competitividade relativa da oleaginosa dos EUA, ajudando a compensar a menor demanda chinesa. As exportações de carnes e lácteos devem cair US$ 300 milhões, para US$ 30,3 bilhões.

O USDA estimou ainda que as exportações de produtos agropecuários para o Canadá vão aumentar US$ 300 milhões em 2019, para US$ 21,5 bilhões. Os embarques para o México devem somar US$ 19,7 bilhões, um aumento de US$ 300 milhões.


Fonte: Terra.
veja também
informativo - assinatura
O cadastro é rápido, fácil e você passa a ter acesso a
benefícios exclusivos: Receber as diversas newsletters,
comentar as materias publicadas e balanços semanais.