Notícias Agrícolas - AF News

Última atualização: 28/8/2018 - Atualizado em 02/10/2013h46

Aumento das importações estende cobrança de despacho postal para encomendas não tributadas

Desde segunda-feira (27), todas as encomendas internacionais que chegarem ao Brasil pelos Correios estão sujeitas à cobrança do...

De AF News Análises

Desde segunda-feira (27), todas as encomendas internacionais que chegarem ao Brasil pelos Correios estão sujeitas à cobrança do despacho postal. Nos últimos anos, o serviço era cobrado apenas para os objetos tributados pela Receita Federal. Porém, com o aumento das importações, a empresa precisou injetar mais recursos na operação para manter o padrão do serviço.

O despacho postal não deve ser confundido com tributo ou frete. O serviço se refere às atividades de suporte ao tratamento aduaneiro realizadas pelo operador postal, como o recebimento dos objetos e inspeção por raio X, formalização da importação no sistema da Receita Federal (quando for o caso), tratamento de eventuais inconformidades (objetos proibidos, perigosos ou com exigências específicas impostas pela autoridade aduaneira para admissão), recolhimento e repasse dos impostos à Receita Federal (quando houver tributação), disponibilização de informações ao importador para desembaraço da remessa via internet, entre outras.

O serviço cobrado pelos Correios é de R$ 15, quatro vezes menor que a média praticada por outros operadores logísticos para realizar procedimentos similares.


Fonte: Bem Paraná
veja também
informativo - assinatura
O cadastro é rápido, fácil e você passa a ter acesso a
benefícios exclusivos: Receber as diversas newsletters,
comentar as materias publicadas e balanços semanais.