Notícias Agrícolas - AF News

Última atualização: 13/2/2017 - Atualizado em 02/10/2013h46

Preços dos Derivados de Soja: Semana de 06 a 13/02/2017

DERIVADOS DE SOJA – FARELO E ÓLEO

De AF News Análises

Por Gabriel Ferreira

 

RESUMO SEMANAL

Mercado interno e externo dos derivados de soja em condição distinta, já que vimos quedas nos preços internos e altas nos preços internacionais destes derivados. Exceção feita ao óleo que apresentou quedas externas (Chicago e Argentina) e internas, com alguns correlatos apresentando reduções também na semana (canola, palma, etc). Altas no farelo internacional vem do aumento recente nas exportações, principalmente para a China.

MERCADO BRASILEIRO DE FARELO E DE ÓLEO DE SOJA

Prevalência de quedas nos preços dos derivados de soja na semana entre os Estados acompanhados (Tabela abaixo), principalmente no óleo. Independente da variação semanal e do produto, todos as praças acompanhadas tem pedidas atuais abaixo do mesmo período do mês anterior.

Na exportação, dados semanais (2ª semana de fevereiro) mostraram embarques acumulados no mês em 299,8 mil toneladas de farelo (média diária -40,8% em relação à janeiro/17 e FOB médio em US$ 315/ton). A exportação de óleo acumulada em 55,2 mil toneladas, média diária 112,8% acima de jan/17 e preço médio em US$ 799,1/ton. As médias diárias de embarques de óleo superam o ritmo de fev/16 em 196%, enquanto os embarques de farelo estão 14% abaixo do mesmo período do ano anterior.

 

Projeções da CONAB apontaram para aumento na estimativa de soja em grãos, para 105,5 milhões de toneladas em comparação com o relatório de janeiro/17, Porém não alterou as estimativas de produção e exportação de óleo (8,385 e 1,55 milhões de toneladas respectivamente) e também do farelo, em 33,1 e 15,9 milhões de toneladas respectivamente.

EXPORTAÇÕES AMERICANAS DE FARELO E ÓLEO DE SOJA

Nas vendas para exportação nos EUA, quanto ao farelo, dados publicados na quinta-feira (09) e referentes à semana de 27/01 até 02/02 mostraram que a venda à exportação nos EUA somou 347,7 mil toneladas, quantidade 5% abaixo da semana anterior, mas 35% acima da média das últimas quatro semanas. Nos embarques americanos do farelo, o maior volume do ano safra, em 314,2 mil toneladas (77% acima da semana anterior).

No óleo de soja, vendas para exportação foram três vezes superiores à semana anterior, com 35,3 mil toneladas, enquanto os embarques do óleo somaram 38,7 mil toneladas, este com alta de 86% em relação à média das últimas quatro semanas.

POSICIONAMENTO DOS FUNDOS DE INVESTIMENTOS NA BOLSA DE CHICAGO PARA CONTRATOS DE FARELO E ÓLEO DE SOJA

Na Bolsa de Chicago, posicionamentos dos fundos de investimentos (especuladores) nos contratos de farelo e óleo de 31/01 até 07/02 (divulgados sexta-feira 10) mostraram situação distinta entre os dois derivados. Com farelo apresentando liquidação de contratos em posição comprada (lucram nas altas) e abertura de novos contratos em posição baixista (vendida). No mercado de óleo liquidação de contratos em ambas as posições, mas mais intensa na posição comprada. 

Apesar desta movimentação, novamente o comportamento semanal dos especuladores não foi suficiente para alterar a posição consolidada dos fundos na Bolsa de Chicago (altista). O FARELO apresentando a 07/02 84,9 mil contratos que vão lucrar nas altas de preços nas mãos destes, enquanto apenas 23,7 mil contratos apresentam-se em posição oposta. E no óleo 82,3 mil contratos em posição comprada e 20,1 mil contratos em posição vendida (dobrou na semana).








veja também
informativo - assinatura
O cadastro é rápido, fácil e você passa a ter acesso a
benefícios exclusivos: Receber as diversas newsletters,
comentar as materias publicadas e balanços semanais.