Notícias Agrícolas - AF News

Última atualização: 04/7/2016 - Atualizado em 02/10/2013h46

Eu apostei no cruzamento com Brangus e Angus e estou lucrando com isso

Cliente 100% ABS vê remuneração e demanda crescerem pelo bezerro meio sangue

De AF News Análises

Ele sempre trabalhou com pecuária. A vocação para o campo aprendeu e herdou dos pais. São décadas trabalhando com gado no Mato Grosso. Já trabalhou com confinamento, gado de elite até que há pouco mais de 11 anos resolveu investir alto no cruzamento industrial com Angus e Brangus para produzir bezerros para o mercado.

“Tinha medo de cruzar com essas raças e os animais não se adaptarem, já que a minha região é muito quente. Mas quando eu fiz as primeiras experiências, vi que funcionava muito bem”, conta Antônio Maércio de Jorge, lembrando que foi um dos primeiros a arriscarem no Mato Grosso. “Na época, quase ninguém fazia isso. Mas o mercado já sinalizava que procurava carne de alta qualidade e bezerros mais lucrativos”, justifica.

Atualmente, ele administra duas fazendas da família: Aruã (em Porto Estrela) e São Jorge (situada em Barra do Bugres) e produz mais de 1600 bezerros por ano. E vende tudo. E vende alto. “É só o mercado ficar sabendo que você tem bezerro cruzado para vender que não sobre um. Vendemos imediatamente. A procura é grande”, conta, sorridente. “A remuneração é bem melhor. Afinal, os animais alcançam peso a desmama muito superior. E o preço da fêmea é quase o mesmo do macho. Enquanto nas outras raças, essa relação é bem diferente”, completa.

Como funciona? Hoje, o trabalho desenvolvido por Sr. Maércio é dividido em duas frentes. Em matrizes comerciais de nelore, é feito cruzamento com sêmen de Angus, de touros como FrantMan. Já no gado F1 (NelorexAngus ou Nelorex Simental), é utilizado Brangus, como o reprodutor Advantage. Os animais são criados a pasto com suplementação.

Há cinco anos, toda IATF (Inseminação Artificial por Tempo Fixo) feita na fazenda é com sêmen ABS. “Com isso, tenho notado, principalmente, que os animais nascidos apresentam boa heterose, que é o que eu mais procuro”, comenta o pecuarista. Além da qualidade do sêmen e dos animais oferecidos pela bateria, Antônio Maércio destaca a assistência e o atendimento da empresa como diferenciais. “Recebo as informações e novidades de forma rápida e com atenção de técnicos e gerentes. Hoje, tenho uma parceria forte com a ABS que, acredito eu, vai durar muito tempo”, comemora.
Fonte:ABS Pecplan
veja também
informativo - assinatura
O cadastro é rápido, fácil e você passa a ter acesso a
benefícios exclusivos: Receber as diversas newsletters,
comentar as materias publicadas e balanços semanais.