Notícias Agrícolas - AF News

Última atualização: 20/7/2018 - Atualizado em 02/10/2013h46

Exportadores de açúcar pedem que Índia, Paquistão e UE cortem subsídios

Exportadores de açúcar pedem que Índia, Paquistão e UE cortem subsídios

De AF News Análises

(Reuters) - Os maiores exportadores de açúcar do mundo pediram que a Índia, o Paquistão e a União Europeia eliminem os subsídios, culpando tais programas pelos preços baixos e pelo excesso de oferta, disse a Aliança Global de Açúcar (GSA, na sigla em inglês) nesta quinta-feira.

“Pressionados pelo excedente de açúcar que recebe apoio do governo do Paquistão e pela ameaça de subsídio nas exportações indianas, os preços mundiais (na ICE) caíram para um nível abaixo do custo de produção, até dos produtores mais eficientes do mundo”, disse o presidente da GSA, Greg Beashel, em comunicado à imprensa.

Os futuros do açúcar bruto negociados em Nova York têm ficado próximos de uma mínima de dois anos e meio, a 10,69 centavos de dólar por libra-peso, alcançada em abril, com os preços sendo pressionados pela oferta global abundante, assim como pela fraqueza do real contra o dólar norte-americano.

A aliança global se reuniu em Genebra para discutir em que grau os subsídios realizados e propostos pelo Paquistão, a Índia e a UE vão contra as regras da Organização Mundial do Comércio (OMC).

“Não deve haver exportações de açúcar subsidiado”, disse Eduardo Leão, diretor-executivo da Unica, grupo do setor de açúcar e etanol do centro-sul do Brasil, maior produtor mundial do adoçante.

“Os integrantes da Aliança Global de Açúcar identificaram os subsídios de exportação e o suporte dos preços domésticos como além do que é permitido pela OMC e estão pedindo que os nossos governos façam o necessário para garantir que o Paquistão e a Índia cumpram as regras da OMC.”

Fonte: Reuters
veja também
informativo - assinatura
O cadastro é rápido, fácil e você passa a ter acesso a
benefícios exclusivos: Receber as diversas newsletters,
comentar as materias publicadas e balanços semanais.