Notícias Agrícolas - AF News

Última atualização: 18/9/2018 - Atualizado em 02/10/2013h46

Café arábica toca mínima desde 2005 na ICE e açúcar bruto continua declínio

Os contratos futuros do café arábica na ICE recuaram pela quarta sessão consecutiva, para tocar suas mínimas em quase 13 anos nesta...

De AF News Análises

Os contratos futuros do café arábica na ICE recuaram pela quarta sessão consecutiva, para tocar suas mínimas em quase 13 anos nesta terça-feira, pressionados pela ampla oferta brasileira, enquanto os preços do açúcar bruto estenderam as perdas.
O contrato dezembro do café arábica caiu 1,45 centavo de dólar, ou 1,5 por cento, para 95,85 centavos de dólar por libra-peso, depois de atingir 95,10 centavos de dólar, sua mínima desde dezembro de 2005.


Os preços fecharam abaixo do 1 dólar, um nível-chave de suporte psicológico, pelo terceiro pregão seguido.

A ampla oferta pesou sobre o mercado, disseram os operadores.

O governo do Brasil, maior produtor do mundo, aumentou nesta terça-feira sua previsão para a safra de 2018 do país, para um recorde de 59,9 milhões de sacas de 60 quilos, citando uma grande produtividade.

A contínua depreciação do real continuou em foco, já que encoraja a venda por produtores de commodities atreladas ao dólar.

O café robusta para novembro teve alta de 13 dólares, ou 0,9 por cento, a 1.492 dólares por tonelada.

O contrato outubro do açúcar bruto perdeu 0,11 centavo de dólar, ou 1 por cento, a 10,52 centavos de dólar por libra-peso, depois de tocar 10,43 centavos de dólar, sua mínima em mais de duas semanas.

Os preços recuaram 9 por cento nas últimas duas sessões, por receios sobre um possível aumento nos embarques da Índia, que está considerando novos incentivos de exportação.

"A Índia tem o potencial para inundar o mercado mundial com quantidades consideráveis de açúcar", disse a Commerzbank em nota. "Atualmente, isso está sugando qualquer indício de sustentação de preços".

O açúcar branco para dezembro fechou em queda de 1 dólar, ou 0,3 por cento, a 329,10 dólares por tonelada.

Fonte: Terra.
veja também
informativo - assinatura
O cadastro é rápido, fácil e você passa a ter acesso a
benefícios exclusivos: Receber as diversas newsletters,
comentar as materias publicadas e balanços semanais.